Início Cadeira 26 Sálvio Ferreira Nunes

Sálvio Ferreira Nunes

É o patrono da .

Nasceu Sálvio Ferreira Nunes, no dia 21 de janeiro de 1908, na cidade de Itamarandiba, em Minas Gerais, filho de Juventino Ferreira Nunes e Maria Soares Nunes.
Seus estudos primários se deram em sua cidade natal, na Escola Normal de Itamarandiba, fundada pelo seu pai. Transferiu-se para Belo Horizonte e, no Colégio Arnaldo, fez o curso ginasial. Ingressou na Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais em 1930.
Acadêmico do 4º ano da Faculdade, disputou em concurso uma vaga para interno-residente do Hospital Militar de Minas Gerais, classificando-se em 1º lugar, tendo como concorrentes alunos do 5º e 6º ano da mesma escola de Medicina.
Diplomou-se médico em 1935. Despertou a atenção do Prof. Otaviano de Almeida, que o convidou para ser seu assistente, vindo a receber homenagem do mestre, na solenidade de formatura, que a ele se referiu assim: “Sálvio é um desses estudantes que de cem a cem anos nasce um”.
Exerceu a cirurgia como especialidade e constituiu-se um exemplo das maiores vocações médico-cirúrgicas, tendo ascendido de forma rápida e brilhante à referência entre colegas e clientes.
Foi o primeiro assistente do Professor Rivadávia Gusmão.
Além de profundos conhecimentos médicos, era reconhecido por suas marcantes simplicidade, dedicação e bondade. Irradiava respeito e amizade.
Regeu a Cadeira de Clínica Cirúrgica da Faculdade de Ciência Médicas de Minas Gerais, da qual foi um dos fundadores.
Foi o Diretor da Clínica e Chefe do Serviço de Cirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, na qual foi um incansável batalhador.
Chefiou a Clínica Cirúrgica do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários e Servidores Públicos (IAPFESP) por 30 anos.
Membro do Colégio Internacional de Cirurgiões, presidiu a Seção de Minas Gerais.
Em 1945, fundou, com outros colegas, a Sociedade de Ginecologia de Minas Gerais.
Foi membro do Conselho Superior da Companhia Siderúrgica Belgo-Mineira e da ASA.
Entre as homenagens recebidas, o seu nome foi dado ao Centro de Estudos Médicos do Hospital São Lucas e, também, ao melhor Hospital de Tratamento Gastroenterológico, por ato do Governador Magalhães Pinto, onde hoje está o Centro Geral de Pediatria (CGP), na Alameda Ezequiel Dias.

Como atividade esportiva, tinha predileção pela pesca, tendo sido o fundador e o primeiro Presidente do Clube de Pesca “Piraquara”. Faleceu em 02 de maio de 1965, acometido de um enfarte do miocárdio, neste clube.
Com seu jeito simples, era acatado e respeitado por colegas e clientes.

Texto: Christobaldo Motta de Almeida

Ocupantes da Cadeira 26

Sálvio Ferreira Nunes

21/01/1908 02/05/1965

Geraldo Leite Dias

Posse: 20/11/1970 - 02/02/1977

José Carneiro Gondim

Posse: 29/05/1978 - 01/03/2005

Pedro Duarte Gaburri

Posse: 20/07/2000 - atualmente
Cadeira anterior Cadeira 25
Próxima Cadeira Cadeira 27